Feira do Pacaembu

São Paulo - SP | 0 Comentários

As feiras livres, no Brasil, datam deste o tempo da Colônia. No entanto, a oficialização do nome se deu em 1914, pelo prefeito de São Paulo Washington Luiz. Mas, foi apenas após o Golpe que colocou Getúlio Vargas no poder, que as feiras livres começaram a funcionar na capital. A Feira do Pacaembu, localizada no bairro nobre da cidade, é considerada uma das feiras paulistanas mais tradicionais, frequentadas e silenciosas. Independente da hora que os clientes começam a apontar na feira, a única coisa que escutam é o cordial ‘bom dia’ dos feirantes. Diferente de muitas feiras livres, nas quais é comum a prática da ‘xepa’, na do Pacaembu, não. Isso porque os produtos são comercializados a preço do Ceasa, não havendo alteração na tabela ao longo do dia. Encontra-se de tudo na Feira do Pacaembu, desde frutas, grãos, pastel vencedor de concurso, muitos peixes e crustáceos e até artigos de artesanato. O pastel do Pacaembu tem história e é disputadíssimo. Os que se destacam são: o Pastel da Maria, vencedor do concurso “O Melhor Pastel de Feiras de São Paulo”, em 2009 e 2011; e o da Barraca do Zé, que foi eleito seis vezes pela Revista Veja SP como o melhor pastel de feira de São Paulo. Um dos diferenciais da Feira do Pacaembu é o privilégio dos mais idosos de receber suas mercadorias no carro, o chamado serviço de drive-thru, não sendo necessário sair do automóvel para comprar e consumir dos tantos produtos disponíveis ao ar livre.

  • Pacaembu - São Paulo - SP
  • Terça, quinta e sexta: 07h - 12h30
    Segunda, quarta, sábado e domingo: fechado