Ilha Anchieta, paraíso do mergulho, com histórias que o tempo esqueceu

Ubatuba - SP | 0 Comentários

Localizada próximo a Ubatuba, a Ilha Anchieta possui diversos lugares para mergulho e belas trilhas com cachoeiras e paisagens de tirar o fôlego. A Ilha Anchieta é a segunda maior ilha do Litoral de São Paulo (possui 828 hectares) e um dos principais atrativos turísticos do Município de Ubatuba.

Parque Estadual da Ilha Anchieta

Protegida com a criação do Parque Estadual da Ilha Anchieta, apresenta aos visitantes um grande espetáculo da natureza. Na ilha encontramos também um pouco da história do Brasil.

Habitada por índios até o inicio do século XIX, foi conhecida nesta época como Terra de Cunhambebe, que era o chefe da Confederação dos Tamoios. Batizada pelos colonizadores como Ilha dos Porcos, em 1904, teve nela instalada uma colônia correcional, posteriormente se transformando em presídio político.


O presídio da Ilha Anchieta começou a ser construído em 1902, quando foram desapropriadas cerca de 412 famílias de colonos e caiçaras que habitavam o local. Em 1914, a Colônia Penal foi extinta, sendo os detentos transferidos para Taubaté. Em 1928, o presídio volta a funcionar, desta vez sendo destinado principalmente a presos políticos. Pouco depois a ilha, que se chamava na época Ilha dos Porcos, foi rebatizada como Ilha Anchieta em homenagem ao jesuíta.

No ano de 1942, com aproximadamente 273 detentos, a Colônia Penal passa a ser denominada como Instituto Correcional da Ilha Anchieta, passando a receber como residentes também soldados e suas famílias.

A desativação do presídio ocorreu após a sangrenta rebelião de junho de 1952. O ex-instrutor de alunos da Escola de Soldados de Taubaté, tenente da reserva PM Samuel Messias de Oliveira, é um apaixonado por história e vem resgatando há décadas, um episódio que poucos conhecem: a Rebelião dos Detentos, ocorrida em 1952, na Ilha Anchieta, na época um presídio de segurança máxima.

A rebelião, em 1952, foi considerada, segundo revistas e jornais da época, como o “maior levante de presos do mundo”. Policiais de Taubaté também participaram da tentativa de resgatar os 435 presos que tentavam fugir pelo mar, após conseguir dominar os policiais e agentes carcerários. O mentor da rebelião era João Pereira Lima, um sargento expulso da Força Pública que cumpria pena no Instituto Correcional da Ilha Anchieta, por ter assassinado um sargento da Aeronáutica. 

Hoje, a Ilha Anchieta passou a ser um Parque Estadual, administrado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente. Samuel, os descendentes dos policiais e detentos da Ilha Anchieta, formaram uma associação para preservar a memória do lugar, eles são os Filhos da Ilha.

Reúnem-se, sempre, no dia 20 de junho, data da rebelião, na Ilha Anchieta para recordar a história, que segundo Samuel, não deve ser esquecida. Os prédios que foram utilizados pelos presos e parte da estrutura do presídio estão em ruínas. O local é preservado como relíquia histórica do Brasil, e nele são realizados passeios onde monitores treinados levam o turista a viajar por um importante capítulo da história brasileira.

Onde mergulhar na Ilha Anchieta 
A Ilha Anchieta é um dos locais mais procurados pelos turistas em Ubatuba. Proporciona o belo visual da Mata Atlântica que compõe sua vegetação, praias belíssimas, trilhas ecológicas, passeios pelas ruínas do antigo presídio e um dos melhores pontos para mergulho do Brasil.

Protegida pelo Parque Estadual da Ilha Anchieta, a caça e a pesca são proibidas. No entanto, o mergulho contemplativo é liberado, e a riqueza da fauna, flora e grandes peixes de passagem permitem uma bela viagem pelo mundo submarino, bastante procurada por fotógrafos para fotos submarinas.

Você que vai visitar a ilha, não esqueça de um bom protetor solar, tênis para caminhadas, uma máquina fotográfica, repelente, boné e equipamento de mergulho. 

A profundidade varia entre 3 e 12 metros e a temperatura média da água fica entre 20°C e 28°C. No verão costumam ocorrer quedas buscas na temperatura, chegando a até 15°C. Portanto, o uso de roupas isotérmicas de 5mm é recomendável o ano todo.

A visibilidade varia muito em função de correntes e condições climáticas, indo de 2 a 10 metros. O fundo é composto de costões rochosos e areia. Fauna e flora são abundantes, podendo-se observar corais cérebro, esponjas, algas, tartarugas, budiões, arraias-prego, garoupas, badejos e peixes coloridos, principalmente na Ponta Sul.

Pontos de Mergulho

Ponta do Calhau
Profundidade: 5-7m
GPS: 23o 33’08.92”S / 45o 04’51.28”W

Praia do Leste – Toca da Tartaruga
Profundidade: 4 – 10 metros
Temperatura da água: Verão: de 17°C a 27°C - Inverno: 19°C a 23°C
Variação de Visibilidade: 3 à 15 metros
GPS: 23o 32’ 02.82” S / 45o 02’35.47”W

Praia do Sul
Profundidade: 4-8 m
É um dos pontos mais procurados para iniciantes ou para check-out.
GPS: 23o 32’50.54” S / 45o 04’45.61”W

Praia do Leste – Estátua de Jean Jacques Cousteau
Profundidade: 3 a 12 metros
Esta praia abriga a estátua em tamanho natural do mergulhador e cientista francês Jean Jacques Cousteau – colocada no local pela Associação das Operadoras de Mergulho de Ubatuba em 15 de novembro de 1997.
GPS: 23o 31’ 58.69” S / 45o 02”41.79” W

Ilhote Sul
Profundidade: 6 a 18 metros 
É um dos melhores pontos do arquipélago.
GPS: 23o 33’44.69”S / 45o 04’43.63”W

Pedra Miúda
Profundidade: 6 a 14 metros
Condições de fundeio: abrigado dos ventos de SE e E
GPS: 23o 32’ 22.74” S / 45o 04’ 57.07” W

Pedra do Navio
Profundidade: 6 a 10 metros
Condições de fundeio: abrigado dos ventos de S e SW
GPS: 23o 31’ 40.64” S / 45o 03’11.91” W

Enseada das Palmas – Saco dos Ventos
Profundidade: 4 a 6 metros
Condições de fundeio: abrigado dos ventos de SW
GPS: 23o 31’ 42.08” S / 45o 04’ 40.67” W

Saco da Aroeira
Profundidade: 4 a 8 metros
Condições de fundeio: abrigado dos ventos de SE e E
GPS: 23o 32’ 06.31”S / 45o 04’ 54.28” W

Outros pontos de mergulho

A Praia do Presídio é a principal praia do Parque Estadual da Ilha Anchieta. Aqui, em meio a sua encantadora beleza, você pode reviver a história da Ilha, eternizada pelas ruínas do presídio erguido sobre suas areias no começo deste século, para deter presos políticos. Vale ressaltar, que é na Praia do Presídio que se encontram as instalações da ex-colônia penal (desativada em 1955, quando detia criminosos comuns, após sangrenta rebelião), a administração do Parque com atracadouro e uma base do Projeto Tamar. Suas águas límpidas e tranquilas são propícias para receber as mais variadas embarcações trazendo visitantes e pesquisadores.

A Ilha Anchieta possui trilhas que constituem um imperdível contato com a Mata Atlântica e suas belas praias. Ao desembarcar na ilha, o turista encontra monitores credenciados que acompanham os grupos por essas trilhas; elas só podem ser percorridas com a assistência destes.

Trilhas recomendadas para o seu passeio

Trilha do Saco Grande
A caminhada começa na praia do presídio percorrendo uma área direcionada a estudos e pesquisas e segue em direção a um antigo Quartel onde foram mortos soldados e civis na rebelião de 1952.

A vegetação está se regenerando e ocupando as casas da antiga Vila Militar, trazendo de volta os primeiros moradores da mata. Ao final da trilha no costão rochoso deparamos com um mirante das ilhas da região e do mar aberto. Em dias claros é possível avistar tartarugas marinhas em seu habitat natural. Na volta tome uma ducha (Ducha do Maneco) reservada aos que fazem o passeio.

Trilha da Praia do Sul
O caminho já era utilizado antigamente pelos pescadores e moradores da região. Hoje a trilha está documentada com pontos interpretativos da Mata Atlântica, restinga, lendas, histórias e grande variedade de fauna, que é fonte de estudo para as escolas que visitam o Parque.

No meio da trilha há um mirante com vista para toda a enseada das Palmas. Ao chegar à praia paradisíaca, convive-se com pescadores tradicionais. A praia do sul, com sua água cristalina e abundante vida marinha é um convite para o mergulho livre.

Passeios de escuna para a Ilha Anchieta
Os barcos saem às 11 horas do píer da Praia Saco da Ribeira em direção à Ilha Anchieta. Lá, você tem duas horas para conhecer as ruínas do presídio e para mergulhar nas praias do Presídio, do Engenho e das Palmas (as duas últimas a dez minutos de caminhada, por trilha autoguiada). A próxima parada, também de duas horas, é na Praia das Sete Fontes, com boa estrutura de quiosques. Esse passeio pode ser agendado com a Mykonos, o passeio custa em torno de R$ 60,00(não inclui almoço) e é sempre bom deixar agendado.

O acesso é feito pela rodovia Rio-Santos na altura do Saco da Ribeira, de onde partem barcos de passeio para a ilha. Para os já iniciados na canoagem pode-se alcançar a ilha remando, à partir da praia da Enseada em direção à Ponta da Espia, separada da Ilha Anchieta por um estreito canal de cerca de meia milha.

Praia do Engenho, em Ubatuba, é uma praia  linda e muito calma (fora de temporada). É uma ótima opção quando a praia da Almada fica super cheia. Pois essa, que fica ao lado é bem sossegada, sem onda, ótima para ir com a família.

A estrutura é mínima, mas vale a pena ir até ela, seja para fazer uma caminhada ou admirar o lindo pôr-do-sol local. O mar calmo, é excelente para dar um mergulho relaxante e curtir a praia, excelente para levar crianças. Não precisa levar comida ou bebida, pois na praia há bares e restaurantes.

praia do Engenho está localizada entre a praia Almada Brava da Almada. O acesso é por uma saída secundária da Rio Santos, é bem sinuosa e faz vista para a Ubatumirim.

A Ilha das Palmas possui uma área de 15,5 hectares e está a 5,75 Km de distancia do continente. Sua cobertura vegetal é a típica da Mata Atlântica, com predomínio de samambaias. Suas correntes são fortes e frequentes, portanto é mais indicada para mergulhadores experientes. Um ponto de mergulho interessante na ilha é a Toca das Caranhas, com grandes pedras e pequenas cavernas. A Ilha das Palmas faz parte do Parque Estadual da Ilha Anchieta (PESM), portanto são proibidas a pesca, caça e coleta. A vida marinha é muito rica, e nas águas ao redor da ilha são encontrados badejos, budiões, raias, tartarugas e garoupas. A profundidade máxima é de 30 metros e a temperatura da água de cerca de 26° C. A visibilidade fica entre os 5 e 15 metros.



Serviços

Parque Estadual da Ilha Anchieta

O Parque Estadual da Ilha Anchieta, antes conhecido como Ilha Anchieta, é um centro de lazer e entretenimento para toda a família, localizado na cidade de Ubatuba, em São Paulo.