Jundiai: entre vinhedos e o ecoturismo

Jundiaí - SP | 0 Comentários

Bem como São Roque, a cidade de Jundiaí é famosa por ser uma importante produtora de vinhos, graças ao cultivo de uvas diversas, que adaptaram-se bem ao clima e solo da região.

A pouco mais de 50 km da capital paulista, Jundiaí é uma das cidades mais importantes do Estado de São Paulo. Em seus mais de 360 anos de história, preservou o charme interiorano, com suas características culturais e paisagens encantadoras. A colonização italiana trouxe à região a tradição no preparo do vinho e seus acompanhamentos, como o salame e os queijos.

Sua rica gastronomia atrai turistas de toda a região, as massas e molhos com aquele toque das mamas italianas conquistam o mais exigente paladar. Por conta desse sucesso, a cidade criou a Rota da Uva, desenvolvendo o turismo rural na cidade.Jundiaí oferece roteiros que mesclam cultura, história e o contato com o campo, o turismo rural ganha força e destaque nesta cidade que integra o Circuito das Frutas.

O dia a dia do campo, as tradições, a culinária e as frutas frescas colhidas direto do pé, os aromas dos pratos feitos no fogão a lenha, dos doces, dos bolos e pães fresquinhos, servidos com café feito na hora, o vinho e os licores são algumas das experiências que os turistas aproveitam e adoram em Jundiaí.Jundiaí oferece quatro opções de Rotas Turísticas, todas com áreas rurais, paisagens, adegas, restaurantes campestres e produtos típicos - a Rota da Uva, a Rota da Terra Nova, a Rota do Castanho e a Rota da Cultura Italiana.

Confira a seguir a mais popular das rotas, a da uva.

Vinícolas: rota da uva

Jundiaí possui atualmente 14 adegas produtoras de vinho, de diferentes tipos, muitos deles produzidos tradicionalmente há mais de 100 anos.A tradição da produção de vinhos chegou à cidade na bagagem dos imigrantes italianos que aqui se instalaram no final do século XIX.

A Rota da Uva, na bacia do rio Jundiaí-Mirim (na região com partes de Caxambu, Roseira, Toca, Jundiaí-Mirim e Colônia), conta atualmente com 12 adegas (Vendramin,  Sibinel, Negrini,Mingotti, Maziero, Martins, Marquesin, Juca Galvão, Fontebasso, do Português, Brunholi e Beraldo di Cale).

Também participam da rota, 15  restaurantes, alguns dos quais anexos às adegas, como a Vendinha do Alto, Spiandorello, Recanto Marquezin, Piatti Belli, O Italianão, Estação Fazenda, Don Martê, Bistecão, Bar do Celso e  A Taverna.

Ao longo da rota também são encontradas lojas especiais, como as frutas da Barraca Roseira ou Por Falar em Uva, a microcervejaria Bier Nards, espaços de selaria, como a Casa da Fazenda, ou produtos de fábrica da Cereser e também de produtos artesanais, como o Valsanglau, entre outros.

Os principais acessos para a Rota de Uva são a rodovia João Cereser, pela malha rodoviária, e a avenida Comendador Antonio Borin (antiga Estrada do Caxambu), pela malha urbana.A produção artesanal, que inicialmente acontecia para o próprio consumo das famílias foi sendo ampliada e reconhecida em toda a região. 

Atualmente, as adegas recebem visitantes de todo o país e do exterior para provarem os vinhos produzidos em terras jundiaienses.

A projeção internacional ocorreu por terem sido os vinhos de Jundiaí escolhidos para servir aos Papas Bento XVI e Papa Francisco em suas visitas ao Brasil.

Tintos, brancos, roses, secos, suaves, frizantes. A variedade é imensa e cada adega tem se especializado cada vez mais em oferecer produtos diferenciados! Por conta de tanta uva e vinho, a cidade promove a Festa da Uva que completou, em 2016, 82 anos de história.

Atualmente é considerada a maior Festa da Uva do Estado de São Paulo, reconhecida em todo o Brasil.

Parques

Com belos espaços de contemplação, áreas para práticas esportivas variadas ou ainda espaços bucólicos para descanso, os Parques de Jundiaí oferecem ao visitante um grande número de opções, com infraestrutura preparada para atender os mais exigentes turistas!

São oito parques espalhados pela cidade, preparados para lhe proporcionar momentos de descontração e diversão.

Escolha o parque que lhe agrade e passeie com a família num dia ensolarado. Certamente as crianças vão amar esse contato com a natureza.

Expresso Turístico de Jundiaí

O trem Expresso Turístico é formado por uma locomotiva a diesel, da CPTM, Alco RS-3 de 1952, que conduz dois carros de passageiros, fabricados no Brasil nos anos 60. No total são 174 poltronas e cada vagão dispõe de um agente de trem e monitores.

O trajeto é realizado semanalmente aos sábados, com partida às 8h30 na Estação da Luz e retorno às 16h30 na Estação Jundiaí. Durante a viagem, que dura cerca de 1h30, monitores do Expresso Turístico fornecem informações históricas sobre a ferrovia.

A Estação Ferroviária de Jundiaí foi inaugurada pela São Paulo Railway em 16 de fevereiro de 1867. 
No início dos anos 1870, com a construção da linha tronco da Companhia Paulista de Estradas de Ferro a partir de Jundiaí até Campinas, a estação passa a ser o ponto inicial dessa linha, servindo como estação de baldeação entre a linha da SPR e a da Paulista.
Desde 1994, é administrada pela CPTM, e hoje faz parte da Extensão Operacional da Linha 7-Rubi.

Há três tipos de roteiros a serem feitos em Jundiaí - ecológico, das frutas e o cultural. Partem todos os sábados da estação da Luz, na capital. 

Os roteiros são opcionais, não são de responsabilidade da CPTM e são pagos diretamente às agências de turismo. Alguns roteiros tradicionalmente oferecidos:

  • Roteiro Rural (Circuito das frutas):
    Passeio nas fazendas produtoras da região

  • Roteiro Ecológico:
    Passeio na Serra do Japi

  • Roteiro Cultural:
    Passeio pelo patrimônio histórico

Vale a pena fazer esse passeio e reviver os tempos áureos do café, essa imersão junto à natureza e a história serão revigorantes.

Seguindo nosso roteiro bucólico pelas belezas de Jundiaí, nada melhor que conhecer os atrativos da Serra do Japi, por muitos considerado o símbolo da cidade, apesar desta possuir vários outros tantos símbolos.

Fazenda Nossa Senhora da Conceição

Essa é uma antiga fazenda de café de 1810, que foi toda restaurada e adaptada para servir como restaurante. Os ambientes são amplos e arejados. A comida é farta pois cada prato serve tranquilamente tres pessoas.

A casa grande da fazenda tem uma bela vista para o lago que é a principal vista da propriedade. As construções coloniais como a capela, a casa grande e a senzala estão muito bem conservados. O restaurante fica no antigo galpão de café, rodeado de grandes terraços que no passado serviam para se secar os grãos.

O cardápio é de comida de fazenda - porco, tutu de feijão, couve (das várias hortas da fazenda) e outras especialidades, todos muito bem preparados. O "arado" (Arroz, Tutu de Feijão, Costelinha de Porco, Couve, Banana Empanada, Ovo frito e Vinagrete.) é a especialidade da casa e é muito bem servido - alimenta tranquilamente 3 pessoas. O leitão também é uma delícia. O único porém é o fato de não aceitarem cartões e o atendimento do restaurante ser até as 15 horas.

Aproveite para dar uma volta pela fazenda no "trenzinho", que custa R$ 7,00, por pessoa e da uma volta pela fazenda passando pela Casa Grande, Capela, Museu do Café e por parte da fazenda. O passeio dura em média 18 minutos e sai do lado do Restaurante da Fazenda.

Reserva Biológica da Serra do Japi

A poucos minutos do centro de Jundiaí e abraçando a cidade, você encontrará um pedaço do paraíso. A mata preservada, flora e fauna exuberantes em trilhas maravilhosas, nascentes, cascatas, mirantes e muito contato com a natureza. Essa é a Serra do Japi, considerado uma reserva da biosfera e que guarda em suas matas, bosques, colinas e nascentes muito do patrimônio ambiental do Estado São Paulo.

As visitas à Reserva Biológica Serra do Japi são coordenadas pelo Projeto Nossa Serra, e tem como foco a Educação Ambiental. Maiores informações.

A opção ideal para conhecer este paraíso, são as propriedades particulares - fazendas Japiapé, Montanhas do Japi, Ribeirão e sítio Serra das Palmeiras. Agende sua visita e divirta-se.


Gostou das dicas? Tem algum outro lugar incrível em Jundiaí? Compartilhe conosco, se quiser nos enviar umas fotos, estamos no Instagram, basta incluir a #viajantebrasileiro e faça parte do portal conosco.

Se quiser conhecer outros roteiros na região, confira os links:

Circuito das frutas: a explosão de cores e sabores, despertam todos os sentidos
Atibaia: sabores e as riquezas do interior no Circuito Rural
Os encantos de Vinhedo


Serviços

Fazenda Nossa Senhora da Conceição

Essa é uma antiga fazenda de café de 1810, que foi toda restaurada e adaptada para servir como restaurante. Os ambientes são amplos e arejados. A comida é farta e a casa grande da fazenda tem uma bela vista para o lago. Confira a senzala e a capela.

  • Rodovia Constâncio Cintra, 72,5km - Mato Dentro - Jundiaí - SP
  • (11) 4535-1341
  • fazendadocafe@terra.com.br
  • www.fnsc.com.br/

Reserva Biológica Serra do Japi

A poucos minutos do centro de Jundiaí e abraçando a cidade, você encontrará um pedaço do paraíso. A mata preservada, flora e fauna exuberantes em trilhas maravilhosas, nascentes, cascatas, mirantes e muito contato com a natureza.


Expresso Turístico Jundiaí

O trem Expresso Turístico é formado por uma locomotiva a diesel, da CPTM, Alco RS-3 de 1952, que conduz dois carros de passageiros, fabricados no Brasil nos anos 60. No total são 174 poltronas e cada vagão dispõe de um agente de trem e monitores.